05/12/2019 às 08h07min - Atualizada em 05/12/2019 às 08h07min

Polícia Civil liberta família de gerente sequestrado em Manhumirim

Polícia Civil prendeu um dos autores do crime do sapatinho, crime em que funcionários de banco e familiares são sequestrados e vítimas de extorsão. Outros envolvidos são procurados

Um gerente do Banco do Brasil de Manhumirim, na Zona da Mata, chegava em casa, por volta das 22h, com a família depois de ir a igreja. Quando entrou na residência, ele e mais quatro pessoas, entre elas crianças, foram rendidas. Começava ali os momentos de terror que duraram horas. Eles foram vítimas do crime do sapatinho. Os reféns foram libertados e um homem acabou preso pela Polícia Civil. Detalhes da investigação foram divulgados nesta terça-feira.

A vítima nos contou quequando chegava da igreja com a família, ao abrir o portão da garagem foi abordado por dois sequestradores que levaram a família para dentro da residência”, contou o delegado Gleidson Souza Ferreira.
 
Segundo o delegado, os criminosos permaneceram na casa até 0h30. “Um dos sequestradores saiu com a esposa, dois filhos e um sobrinho do gerente em direção a região metropolitana, conforme apurado posteriormente. O outro sequestrador ficou na residência até 7h, quando saiu em direção ao banco. Ele foi deixado pelo gerente na saída de Manhumirim. Depois, o funcionário se dirigiu até o banco”, contou Ferreira.

A polícia foi acionada por um outro gerente que já estava na agência quando a vítima chegou ao local.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »