02/09/2020 às 20h34min - Atualizada em 02/09/2020 às 20h34min

O MAL NÃO EXISTE O QUE EXISTE É A FALTA DE AMOR

S.A.E. Grão-Mestre Dom Albino Neves

Hoje logo pela manhã, um amigo que tem costume de ler os textos que escrevo e publico, me fez a seguinte interpelação: "você que é um estudioso de Deus, eu gostaria de saber por que Ele não se manifesta diante de tanta opressão, de tanta violência, de tantos doentes pelo mundo. Por que as igrejas possuem recursos e não utilizam como Jesus recomendava? Eu sempre digo aos meus amigos que Deus não se mete em nossos assuntos! Se fosse assim, teria evitado a morte de Jesus e o mundo seria diferente. Aí eu fico pensando, será que Deus é a Suprema inteligência? Por que essa maneira de educar o ser humano, com toda a suprema inteligência que Ele tem? Eu não acho certo, eu acho errado!”
Minha resposta a ele foi a seguinte: Querido irmão, Deus em Sua infinita bondade e sabedoria, não criou o homem para ser Sua marionete. Ele deu ao homem a lei do livre arbítrio e também a lei da causa e efeito, tais leis são as leis mais precisas, preciosas e justas que existem.

Através destas leis, os homens tem o direito de acreditar ou não em Deus, de amar ou não a Deus. 
Como Criador Deus criou o homem como criatura e a Sua imagem e semelhança, deu a ele a oportunidade de trabalhar para o seu aperfeiçoamento como ser espiritual, assim se transformar em filho de Deus, esplêndida oportunidade para evolução do espírito humano.

Não se pode confundir Deus e nem o cristianismo, com igrejas ou religiões, que são criações do homem. É bem verdade, que muitas delas, oferecem conhecimentos ao homem para que ele possa aprimorar o seu espírito, no entanto, por serem dirigidas por homens, nem sempre caminham na direção do desenvolvimento espiritual e do seu real propósito.

Ao dar ao homem a lei do livre-arbítrio, Deus não interfere nas decisões do homem.
Toda pessoa dotada de sensibilidade, percebe que o mundo está passando por um carma coletivo, provocado pelo próprio homem, no entanto, apesar de todas as dores, o homem parece não dar importância para a realidade que está posta diante de seus olhos. Muitos acreditam que esta vida é a única vida, buscam beber e se embriagar dela, pensando somente em si, mostrando desconhecerem que todas as vidas e tudo aquilo que existe no Universo está conectado a Deus.

Só quando o homem descobrir Deus dentro de si será capaz de reconhecer Deus dentro do outro. Enquanto o homem não reconhecer Deus dentro de si, não amará a si e ao outro. Jesus receitou o amor como uma fórmula capaz de fazer com que todos possam ser felizes e sentirem a alegria do outro, enquanto o homem não chegar a esse nível de consciência, o mundo continuará vivendo esta angústia coletiva.
Deus como inteligência Suprema e Criador de todas as coisas, é justo.  Cabe ao homem utilizar bem todo poder, toda graça, toda inteligência, toda força e todo amor que possui dentro de seu coração, para que todos, indistintamente, possam obter uma vida melhor e a terra voltar ou vir a ser, o paraíso que todos gostariam que fosse.

Estamos vivendo o grande momento de transformação da humanidade. No fundo, o homem está despertando da inércia e da ilusão que muitos viviam.O mal não existe, o que existe para muitas pessoas é ausência do bem que ainda não despertou dentro delas.
O mal não existe. Deus não criou o mal. Cada um deve expressar o máximo de amor que possui, para abafar o mal que se abate sobre parte da humanidade e que é sentido por todos.

Só o amor pode exterminar o mal.
Viva o amor como salvação da humanidade!
Informamos que este trabalho faz parte de uma série que vem sendo apresentado aos Cavaleiros e Damas Templários da Ordo Supremus Militaris Templi Hierosolymitani - OSMTH Magnum Magisterium.
Non Nobis Domine, Non Nobis Sed Nomini Tuo da Gloriam
Não a nós Senhor, não a nós, mas a Tua glória.
Recebam o Fraternal Abraço.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »