22/01/2020 às 14h12min - Atualizada em 22/01/2020 às 14h12min

PRONTO SOCORRO DE CARANGOLA CORRE RISCO DE FECHAR POR FALTA DE REPASSES DA PREFEITURA

A falta de repasse da Prefeitura de Carangola ameaça o atendimento à população de Carangola e região. O administrador da Casa de Caridade de Carangola, Helerson Lima, disse que a instituição já cogita em fechar as portas, suspender o atendimento e devolver ao Município.
 
Em entrevista exclusiva ao Jornaldovale, Helerson afirmou que a Casa de Caridade está tentando receber um dívida de R$ 1.700.000,00 (Hum milhão e setecentos mil reais) pois a unidade hospitalar está tendo que arcar com despesas com funcionários, fornecedores e prestando o serviço na melhor maneira possível sem receber há meses.
 
"As reservas que tínhamos já se esgotou e não temos mais condições de manter o Pronto Socorro aberto. Esses valores que a prefeitura nos deve, em torno de R$ 1,7 milhões, está fazendo muita falta pra nós matermos o Pronto Socorro funcionando”, disse Helerson.  

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »